Especificações do Huawei Mate 10, 10 Pro e 10 Lite surgem em leak

A gama Mate 10, da Huawei, será apresentada no dia 16 de outubro, num evento a decorrer em Munique, na Alemanha. Mas, entretanto vão surgindo algumas informações sobre os modelos que vão compor esta gama.

Estes serão smartphones topo de gama (enquanto o Mate 10 Lite estará próximo disso).  O Huawei Mate 10 terá um ecrã "EntireView" de 5.99 polegadas, com resolução FHD+ e uma proporção 18:9. Na sua traseira deverá ter uma configuração de duas câmaras, desenhadas com a ajuda da Leica, sendo que uma poderá ter 12 megapixels e outra 20.


Este smartphone terá a NPU Kirin 970, com 4 ou 6 GB de RAM, sendo que a versão com 4 GB de RAM terá 64 GB de memória interna, que custará à volta de 540€ e a de 6 GB de RAM terá duas variantes, com 128 GB ou 256 GB de ROM, que custarão à volta de 640€ e 710€, respetivamente. A alimentar este smartphone vem uma bateria de 4100 mAh e deverá chegar-nos com a EMIUI 5.1. Terá também certificação IP67 (proteção contra poeiras e água, até um metro de profundidade).

O Huawei Mate 10 Pro terá algumas especificações similares ao do Mate 10, mas será um smartphone bezel-less, com um ecrã de 6 polegadas (embora pareça maior, é mais estreito) e bordas arredondadas. Suspeita-se que o seu sensor biométrico estará localizado na sua traseira.

O Huawei Mate 10 Pro terá uma variante com 6 GB de RAM e 64 GB de ROM, que custará à volta de 700€, uma com 6 GB de RAM e 128 GB de ROM que custará à volta de 790€ e por fim outra com 6 GB de RAM e 256 GB de ROM, cujo preço será à volta de 875€. A variante com 8 GB de RAM terá 256 GB de ROM, será a mais cara, com um preço a rondar os 950€.

Huawei Mate 10 Lite


O Huawei Mate 10 Lite, além de terem surgido as suas especificações, surgiram também imagens. Este será um smartphone de gama média-alta, tanto pelo seu preço como pelas suas especificações. O seu preço deverá rondar os 379€.



Este smartphone deverá ter um ecrã "EntireView" de 5.9 polegadas, com resolução FHD + com uma proporção 18:9 e uma configuração de quatro câmaras, sendo que duas se encontram na sua traseira, com 16 e 13 megapixels e as restantes na sua fronteira, com as mesmas especificações. O seu SoC será o Kirin 659 e terá 4 GB de RAM e 64 GB de ROM e será alimentado por uma bateria de 3340 mAh.

Estes serão os smartphones que a Huawei deverá apresentar no dia 16 de outubro em Munique, mas esta informação provém de leaks, podendo ser alterada até à versão final do smartphone.


Consulta aqui a gama de produtos da Huawei!

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones



Fontes: Gizmochina e Venturebeat

Xiaomi lançou o Roborock Sweep One, o sucessor do Mi Robot Vacuum

Há uns dias, fizemos um artigo que referia que hoje poderia ser a data de lançamento do Mi Robot Vacuum 2, mas afinal, a Xiaomi lançou o Roborock Sweep One.


Antes de mais, o Roborock Sweep One não é produzido diretamente pela Xiaomi, mas sim por uma das suas sub-marcas, a Roborock. Possivelmente, este é o sucessor do Xiaomi Mi Robot Vacuum, visto que vem com algumas melhorias.

Tal como o Mi Robot Vacuum, este vem com um conjunto de sensores para não bater nas paredes, ultrapassar obstáculos ou mesmo para não cair das escadas (o que poderia danificar o aparelho) e com um sensor LDS (laser) para reconhecer as distâncias, mas o do Roborock Sweep One foi melhorado.


Mas, ao contrário do Mi Robot Vacuum, o Roborock Sweep One tem um tanque para água (ou outro produto de limpeza), para lavar o chão. Um tanque cheio, é o suficiente para este operar entre 45 a 60 minutos.



Além disso, o Roborock Sweep One tem a função de programar limpezas, começando a limpar apenas à hora especificada pelo utilizador e graças ao seu sensor LDS melhorado, este pode examinar as divisões da tua casa, para poderes programar a sua trajectória.

O Roborock Sweep One já teve grande sucesso, sendo que esteve em crowdfunding na China, conseguindo fazer 10 milhões de yuan, ou seja 1,267,510€ ou 4,757,032 reais. Ainda não sabemos quando este será lançado para todos, por isso continua atento ao Gadgets & Drones!

Podes adquirir o Xiaomi Mi Robot Vacuum aqui, por 246€ ou 917 reais! Podes também consultar a restante gama de produtos da Xiaomi neste link!

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones



Bq lança Aquaris V e Aquaris V Plus!

A bq é uma empresa espanhola que tem sido conhecida ao longo dos anos por fazer smartphones com boa relação qualidade-preço (smartphones desenhados pela própria).


Hoje esta lançou uma nova gama, a Aquaris V, que já possui dois smartphones. Estes são o Aquaris V e o Aquaris V Plus, que vêm custar 199€ e 249€ respetivamente.

Ambos os smartphones vêm com o SoC Snapdragon 435 e com as mesmas configurações de câmaras, sendo que possuem o sensor Sony IMX386 com 12 megapixels na traseira e o Samsung S5K4H8 com 8 megapixels na sua fronteira. Como se pode ver na imagem, o seu sensor biométrico está localizado na parte traseira do smartphone.

A conectividade também é similar, sendo que ambos possuem Wi-Fi dual-band, Bluetooth 4.2 e suporte para o sistema de GPS europeu GALILEO. Também contam com a tecnologia Quick Charge 3.0, da Qualcomm. Estes smartphones vêm ainda com o Android Nougat (7.1.2).



Mas, o Aquaris V vem com 2 GB de RAM ou 16 GB de memória interna, ou 3 GB de RAM e 32 GB, dependendo da variante e tem um ecrã de 5.2 polegadas, com resolução HD e  tecnologia IPS. A alimentar este smartphone vem uma bateria de 3100 mAh.



O Aquaris V Plus tem um ecrã de 5.5 polegadas com resolução Full HD e tecnologia IPS. Em questões de memória, vem com 3 GB de RAM e 32 GB de memória interna, ou 4 GB de RAM e 32 GB, dependendo da variante. Para alimentar este ecrã de maior dimensão e resolução vem uma bateria ligeiramente maior que a do Aquaris V, com 3400 mAh


Fonte: Bq

Afinal o Moto G4 Plus receberá o Android Oreo

Ontem houve alguns problemas quanto à atualização para o Android Oreo, da quarta geração do Moto G, pois a Motorola revelou que afinal estes smartphones não receberão a atualização.


Segundo a declaração oficial por parte da Motorola, nenhum smartphone da quarta geração do Moto G era suposto receber a atualização para o Android Oreo. A "promessa" da Motorola em atualizar o Moto G4 Plus para o Android Oreo foi apenas um erro no material de marketing, segundo os mesmos.


Como podemos ver, a Motorola prometeu a atualização para o Android Oreo desde o lançamento da série, mas recentemente decidiu alterar todo o material de marketing com vista a remover qualquer referência a esta "promessa".


Acima, podemos ver a versão alterada do material de marketing da Motorola relativamente a esta gama - as referências a esta atualização foram eliminadas por completo.
Entretanto a página oficial da Motorola India, no Twitter, confirmou que apenas o Moto G4 Plus irá receber a atualização para o Android Oreo. Na sua declaração oficial, a Motorola acabou com qualquer dúvida - apenas o Moto G4 Plus irá mesmo receber esta atualização. Segundo a empresa, não estava nos seus planos desenvolver esta atualização e, por esta razão, a atualização demorará a ser lançada.

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones



Honor V9 , um smartphone quase perfeito

A Huawei  acertou em cheio ao criar esta subdivisão da marca e os equipamentos que a Honor lança para o mercado são quase perfeitos. Vamos conhecer um pouco mais deste Honor V9 na China e Honor 8 Pro no mercado europeu, sim é o mesmo modelo mas com nomes diferentes, nós temos em testes a versão Chinesa.

Xiaomi anuncia versão mais barata do Mi Max 2

A conta oficial do Twitter da Xiaomi India anunciou que irá começar a ser vendida amanhã (20 Set) uma nova versão, mais barata, do Mi Max 2, com 4GB RAM e 32GB ROM.


Esta nova versão irá ter exactamente as mesmas especificações que o Mi Max 2 normal, incluindo o ecrã 6.44'' Full HD, Snapdragon 625 e a câmara com sensor Sony IMX386, o que muda é, mesmo, só a capacidade de armazenamento do mesmo, ficando apenas com 32GB, e o preço, que irá começar a 12.999 rúpias, ou cerca de 170€.

Este smartphone será, inicialmente, um exclusivo para a Amazon India, mas espera-se que fique disponível nas lojas do costume brevemente.


Que acham desta nova versão do Mi MAX 2?

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones

http://bit.ly/segue-nos

Especificações do Xiaomi Redmi Note 5 surgem em leak

Nove meses depois do lançamento do Xiaomi Redmi Note 4, surgem em leak as especificações do seu sucessor, o Redmi Note 5.


Se estas realmente forem as especificações do Xiaomi Redmi Note 5, este smartphone promete ser um belo "upgrade" em relação ao seu antecessor. Este smartphone virá com um ecrã de 5.5 polegadas, com resolução Full HD. O seu SoC será o Snapdragon 630 e tal como o seu antecessor terá 3GB de RAM e 32 GB de memória interna ou 4 GB de RAM e 64 GB, dependendo da variante.

A sua câmara traseira deverá ter 16 megapixels e a frontal 13, mas não se sabe se a sua versão final não trará uma configuração de duas câmaras e o seu sensor de impressão digital deverá passar a estar na sua fronteira. Em conectividade também será uma boa evolução, vindo com o Bluetooth 5.0 e com velocidades de download em LTE de 600 Mbps. A sua bateria deverá ser menor que a do seu antecessor, tendo apenas 3790 mAh. Mas para compensar esta redução, vem com a tecnologia Quick Charge 4.0 da Qualcomm e com uma porta USB Type - C 3.1.

O preço do Xiaomi Redmi Note 5 deverá rondar os 170€ ou 620 reais. Convém destacar que estas informações provêm de leaks, podendo não estar corretas ou poderão ser alteradas na versão final do smartphone. O provável será que este smartphone seja lançado em janeiro de 2018, tal como o seu antecessor.

Podes também consultar a gama de produtos da Xiaomi neste link!

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones


Fonte: igeekphone

Huawei ataca Apple, dizendo que vai lançar um smartphone com a verdadeira I.A

Após o lançamento do iPhone X, vimos reações por parte das empresas mais importantes na produção de smartphones Android. Desta vez, a Huawei atacou diretamente a Apple.

Num vídeo lançado na sua página do Facebook, a Huawei faz um claro ataque à NPU do iPhone X (fica a saber o que é uma NPU aqui). Isto porque o Huawei Mate 10 trará o Kirin 970, que será a primeira NPU da Huawei.


A Huawei, ao fazer um ataque destes à Apple, está a "dizer-nos" que fez algo ainda melhor no seu próximo lançamento, o Huawei Mate 10. Isto porque ainda não sabemos ao certo qual será o aproveitamento que o software desse smartphone fará à sua NPU, mas ao ver este vídeo, julgo que este smartphone poderá trazer também uma tecnologia de reconhecimento facial.

O Kirin 970, também quebrou recordes recentemente, conseguindo chegar a velocidades de download de 1.2 Gbps em LTE, o que não será muito útil para os portugueses e brasileiros, mas ao menos sabemos que teremos um smartphone com capacidade para tal.


Saberemos tudo sobre o Huawei Mate 10 no dia 16 de outubro, quando este for apresentado num evento a decorrer em Munique, na Alemanha.

Consulta aqui a gama de produtos da Huawei!

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones



Fontes: The Verge e Gizmochina

Fotografias do Meizu M6 surgem dias antes do seu lançamento!

A Meizu prepara-se para lançar o M6 daqui a alguns dias, mas, para quem está mais ansioso pode ver aqui como se parecerá este smartphone!


Em comparação ao seu antecessor, o Meizu M6 vem com uma construção muito melhor, sendo que olhando para as fotografias, este smartphone é feito de metal. O seu sensor biométrico está localizado no seu botão home, o que vai ao encontro do que vimos no seu antecessor.

Quanto às especificações do Meizu M6, não sabemos muito. Espera-se que este smartphone tenha um ecrã de 5 ou 5.2 polegadas com resolução HD, o SoC Mediatek MT6750, com 3GB de RAM e 32 GB de memória interna. O Meizu M6 será lançado no dia 20 deste mês.

Consulta aqui a gama de produtos da Meizu!

Grupos de discussão:

Xiaomi: http://fb.com/groups/XIAOMIemPT
Apple: http://fb.com/groups/gd.apple
Android: http://fb.com/groups/gd.android.pt
Drones: http://fb.com/groups/gd.drones
Fotografia: http://fb.com/groups/gd.foto
Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones
Windows: http://fb.com/groups/gd.windows


Fonte: Gizchina

Mi Power 2C - A nova powerbank de 20.000mAh da Xiaomi

Para renovar o leque de powerbanks de topo, a Xiaomi apresentou, recentemente, a Mi Power 2C, que vem substituir a Mi Power 2.


Tal como a sua antecessora, a 2C possui 20.000mAh de capacidade, mas agora suporta QuickCharge 3.0, embora a carga rápida não possa ser usada nas duas portas USB em simultâneo.

O corpo da powerbank é feito em plástico ABS com um acabamento matte, o que lhe confere boa aderência, como também uma boa resistência contra riscos.

No topo, esta tem 2 portas USB e uma micro-USB bi-direccional.

As potências de output serão de 5V/2.4A, 9V/2A e 12V/1.5A, tendo um output máximo de 18W, no entanto estes são dividos entre as duas portas USB, o que quer dizer que, caso estejam dois dispositivos a carregar em simultâneo, a potência será de 9W em cada porta. Quando esteja apenas um dispositivo ligado à powerbank, será possível utilizar a função QuickCharge 3.0, caso este a suporte.

Contudo, a 2C não será propriamente pequena, com 13.55cm de comprimento, 6.76cm de largura e 2.39cm de espessura, e um peso de 328 gramas. Contudo, compreende-se este tamanho e peso, devido à sua capacidade.

Caso estejam interessados, esta já se encontra disponível para venda, por cerca de 30€, aqui: http://4sh.me/bdW

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones

http://bit.ly/segue-nos

Xiaomi Mi 5 Prime

Em destaque: acessórios

Acessórios para smartphones

Especial Drones

Especial Drones



TV-Box em destaque

TV BOX em destaque