Chegou o Xiaomi Mi5

A Xiaomi acabou de apresentar o seu novo flagship que chega como um verdadeiro concorrente dos mais almejados smartphones de topo. O Xiaomi Mi 5 já foi revelado, nós acompanhámos todo o evento em directo e agora damos-lhe a conhecer em detalhe este novo smartphone Xiaomi.
Há muito que um pouco por todo o mundo se aguardava a chegada do novo flagship da Xiaomi, o grande sucessor do Xiaomi Mi 4 que tanto sucesso teve durante o último ano.
Hugo Barra deslocou-se assim à grande feira Mobile Word Congress 2016 dedicada à tecnologia móvel, que termina hoje em Barcelona, e apresentou com grande entusiasmo o Xiaomi Mi 5.
 
Especificações gerais


Durante os últimos meses, muitos foram os rumores à volta do novo Mi 5 e hoje muitos deles foram confirmados, mas tal como a Xiaomi indicou, ainda havia mais para mostrar.
A Xiaomi apresentou o Mi 5 em três versões, todas elas com o já anunciado SoC da Qualcomm, o Snapdragon 820. O modelo standard, e também o mais acessível, conta com 3 GB de RAM e o CPU funciona a 1,8 GHz e tem 32 GB de RAM. Há depois duas outras versões de 64 GB a 2,15 GHz, que diferem na memória RAM (a primeira com 3GB e a PRO com 4 GB) e na construção, uma com construção em vidro e outra com construção em cerâmica, respectivamente.
O Mi 5 vem com a versão 6.0.1 do Android Marshmallow optimizado com a MIUI 7, a interface de utilizador desenvolvida pela própria Xiaomi.

Design


Como já foi referido a Xiaomi produziu o seu novo Mi 5 em dois materiais diferentes, o vidro e a cerâmica. Sendo que a cerâmica confere ao Mi 5 uma maior resistência e durabilidade e apenas está disponível na versão PRO.
O peso do Mi 5 é de destacar, já que apenas pesa 129g e tem umas dimensões de 44,5 x 69,2 x 7,25 mm. Além do mais, foi produzido em 3 cores, preto, branco e dourado.
O seu design é bastante interessante e, segundo Hugo Barra, é uma continuidade do design do Mi Note, mas mais evoluído, e que faz até lembrar um pouco o Samsung Galaxy S6 ou 7, não só pelo sensor de impressões digitais frontal, mas também pelas curvas da capa traseira.
Um dos destaques deste Mi 5 vai também para a forma como a Xiaomi integrou o ecrã na estrutura, aproveitando o máximo de espaço possível, reduzindo bastante a sua moldura.

Ecrã

O Mi 5 tem um ecrã IPS com protecção Gorilla Glass 4 de 5,15 polegadas, com resolução FullHD de 1080 x 1920 píxeis, que para o tamanho de ecrã é perfeita para uma boa visualização de conteúdos.
Durante a apresentação, Hugo Barra destacou algumas características melhoradas entre o ecrã do Mi 5 e do Mi Note, nomeadamente melhorias ao nível do contraste e realidade de cores, bem como ao sensor de luminosidade muito mais eficiente.

As câmaras

A câmara principal do Mi 5 conta com um sensor Sony IMX280 de 16 MP, com duplo flash LED, capacidade de gravação a 4K e uma estabilização óptica de imagem com 4 eixos (OIS). Esta foi uma característica bastante destacada no evento e comparada com a capacidade de estabilização dos iPhones.
A câmara secundária tem 4 MP, uma abertura focal de ƒ/2.0 e capacidade de gravação a 1080p, de resto, é a mesma câmara do Mi Note.

Bateria
A acompanhar a tendência, a Xiaomi colocou no Mi 5 uma bateria de 3000 mAh com tecnologia de carregamento rápido 3.0, 20% mais rápida que a 2.0. Esta garante, com 10 minutos de carregamento, 2,6 horas de reprodução de vídeo, 27 horas de navegação em GPS e 4,4 horas de conversação no chat.

Preço e disponibilidade

O novo Xiaomi Mi 5 estará disponível na China a partir de dia 1 de Março e em breve nos outros mercados. O preço do Xiaomi Mi 5 de 32GB é de RMB 1999, o que em euros se traduz em cerca de 278,57€, na conversão directa e actual. O modelo Xiaomi Mi5 Pro terá um preço de RMB 2699, 376€ na conversão directa.


Xiaomi Mi5 32GB | Xiaomi Mi5 64GB | Xiaomi Mi5 128GB


Emoticon Emoticon