Homtom HT16: Unboxing e análise | Requisitos mínimos por um preço mínimo

A luta pelos lugares cimeiros nos smartphones é muito renhida e conta com novas entradas todos os meses com equipamentos com mais e melhores componentes. Mas há marcas que apostam num nicho de mercado que também anseia por dispositivos que satisfaçam os utilizadores menos exigentes. Apresento-vos o Homtom HT16 um smartphone que custa menos de 50€.



O Homtom HT16 é um smartphone dual SIM pertencente à categoria low-end e é detentor de um ecrã de 5" HD com resolução 1280*720px. Vem equipado com um processador quad-core MTK6580 a 1.3GHz, sistema operativo Android 6.0, 1GB de memória RAM e 8GB de armazenamento interno sendo possível expandir essa capacidade através de cartões micro SD.
As câmaras são de 2MP frontal e 8MP traseira.

Unboxing

Dentro da caixa minimalista vem o smartphone revestido por uma película bem como os seus acessórios: carregador europeu, cabo SUB e manual.
O smartphone vem ainda com uma película protetora no ecrã.
Vem com uma bateria removível, entradas para os dois cartões SIM e ainda para cartões Micro USB.


Análise

No que toca ao design e ecrã o HT16 é o típico smartphone retangular com os cantos arredondados, construído em plástico rijo que lhe dá um aspeto resistente. A sua parte traseira também em plástico tem uma textura que faz com que o smartphone se segure muito bem na mão. No canto superior esquerdo está a câmara de 8MP, por baixo o flash led e o logo da marca e em baixo está a coluna de som.


Na lateral direita estão os botões do volume e power, na parte inferior apenas o micro e na parte superior a porta microUSB e entrada de 3.5mm para os headphones. No ecrã temos na parte superior a coluna para as chamadas, o sensor de proximidade e a câmara de 2MP que pode chegar aos 5MP através de interpolação e em baixo estão os botões táteis que não são iluminados.


Em termos de desempenho este smartphone não surpreende e também não esperava que o fizesse. Utilizei-o apenas durante alguns dias e tenho a dizer que foi muito difícil trabalhar com ele em multi-tasking. Mais do que duas ou três aplicações a correr ao mesmo tempo neste smartphone faz com que a nossa paciência diminua acompanhado a linha de desempenho que este equipamento vai tendo à medida que vamos abrindo as aplicações ao longo do dia. Serve perfeitamente para uma utilização básica: chamadas, mensagens, youtube, redes sociais e até um jogo ou outro, mas... tem de ser uma coisa de cada vez.

Testes realizados


Nos testes do Antutu nada que me surpreendesse nos resultados. Os valores deste smartphone são semelhantes aos topos de gama de há 3 ou 4 anos o que hoje em dia se traduz nos valores mínimos para um equipamento da gama baixa.


Nos testes de realizados às velocidades de escrita e leitura nas memórias RAM e  ROM e na transferência de ficheiros por Wifi os resultados também batem certo com a categoria em que o equipamento se insere.

O som das chamadas e do áudio é normal bem como o ecrã, serve. Aqui este tem de se utilizar quase sempre na luminosidade máxima durante o dia quando estamos ao ar livre.

Câmara

Em relação à câmara fotográfica é outro ponto que se destaca pela negativa. A qualidade não é grande coisa e serve apenas para ficar com uma recordação não muito realista dos locais que visitamos. Serve para desenrascar.

Alguns exemplos




Todas as imagens pode ser descarregadas no seu tamanho original aqui.

A bateria é talvez o ponto mais positivo a destacar. Durante a utilização deste HT16 carreguei-o apenas uma vez e essa carga durou 3 dias, o que até é bom para os smartphones de um em dia.
E não há mais nada que se destaque pela positiva neste equipamento? A resposta é sim. Este smartphone vem com rádio o que pode ser um pouco fulcral na sua escolha. É de simples utilização, não ocupa muita memória e principalmente é eficaz.

Conclusão



O ponto forte deste smartphone é mesmo o preço e a duração da bateria. Por cerca de 50€ (ou até menos se estiverem atentos às promoções) é um equipamento que não surpreende e que serve para quem tem uma utilização básica num smartphone. Para quem faz ou recebe chamadas, sms e quer estar prevenido para aceder à internet, ouvir rádio e até jogar um pequeno jogo para distração, este smartphone talvez sirva. Senão talvez seja melhor juntarem mais uns 30 ou 40€ e ficam com um melhor equipamento.
Aliás, não recomendo ninguém a adquirir smartphones com menos de 2GB de memória RAM. Hoje em dia esta capacidade de memória RAM é o mínimo que se pode exigir a um smartphone.

Este smartphone pode ser adquirido por volta dos 50€ aqui: https://goo.gl/RrBdW8 


Emoticon Emoticon