Xiaomi Mi Pad 3 | Unboxing, primeiras impressões e Benchmarks

O Mi Pad 3 foi apresentado em abril de 2017 embora as primeiras imagens tenham surgido em dezembro do ano anterior. Quando foi anunciado oficialmente houve sentimentos díspares em relação ao mais recente tablet da Xiaomi. Vamos conhecê-lo melhor.



 Segue-nos!

Unboxing

A caixa do Mi Pad 3 mantém a linha estética a que a marca nos habituou, uma caixa branca, o logo da marca a laranja, a indicação da capacidade bem visível na caixa e na parte traseira ainda algumas informações acerca das características.


É uma caixa minimalista, lá dentro está o tablet que ocupa a totalidade da caixa. Por baixo está o cabo SUB tipo C, o carregador de 5V-2A e o guia rápido já habitual nestes equipamentos.



Características

Este é um tablet com 20cm de altura, 13,2cm de largura, 7mm de espessura e 328g de peso. É inteiramente construído em alumínio e isso dá-lhe um aspeto muito premium! Tem um ecrã IPS de 7.9" com uma resolução superior a 2K, são 2048x1536px e com uma densidade de 324ppi.




 Segue-nos!


Na parte superior do ecrã está a câmara frontal de 5MP, no lado direito os botões do power e volume, em baixo está apenas a entrada USB Tipo C, em cima a entrada jack áudio de 3.5mm e atrás está a câmara principal de 13MP com sensor Samsung S5K3L8. Em baixo ao centro está o logótipo da marca e mais abaixo demos as duas colunas de som.



Aquando o seu lançamento houve quem criticasse a marca pela escolha da CPU. Mas a Xiaomi não faz as escolhas em vão. Este tem um processador de seis núcleos especialmente desenhado para tablets, é o MediaTek MT8176 que é a mesma CPU que acompanha por exemplo o Asus Zenpad 3S. Vem ainda acompanhado por uma Gráfica PowerVR GX6250, 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno.



Não é possível expandir o armazenamento interno, dos 64GB temos cerca de 54GB disponíveis para podermos utilizar no que quisermos.


Também não temos slot para colocar um cartão SIM. Este tablet vem apenas com Wifi dual band 2.4GHz / 5.0GHz que permite ligações mais rápidas com a tecnologia 802.11a/b/g/n/ac. Tem ainda com Bluetooth, sensor gravitacional, sensor de luz e giroscópio.
Por fim temos para alimentar todos estes componentes uma bateria de 6600mAh.


 Segue-nos!


Software e benchmarks

Em termos de software este Mi Pad 3 vem com a Miui 8.2 que é baseada no Android 7.0 e tem diversos idiomas incluindo o PT-PT e PT-BR. Veio com uma ROM de loja mas sem bugs e tudo a funcionar perfeitamente. Gostei bastante do desempenho.
Depois de testar a ROM original decidi instalar uma nova ROM, a xiaomi.eu que contém também vários idiomas e sem qualquer aplicação desnecessária. Realizei alguns testes de benchmarks e aqui a ROM xiaomi.eu mostrou-se um pouco mais capaz do que a ROM original.







Primeiras impressões

Estamos perante um tablet premium. É verdade que Xiaomi podia ter inovado um pouco mais comparativamente com a versão anterior, mas este tablet tem características que fazem dele um equipamento muito apetecível.



Como primeiras impressões dá para ver que é um tablet muito bonito e elegante, tem uma qualidade de ecrã muito boa e com um software bastante responsivo. Não é um tablet barato, mas a verdade é que estamos perante um equipamento de qualidade.



 Segue-nos!


Preço e disponibilidade


No acto da compra podem utilizar o cupão de desconto: AHPAD3 e deve ser escolhido o método de envio: Standard Shipping > Local Direct Express.

Vídeo



Emoticon Emoticon