Review ao Khadas VIM: (mais) um concorrente ao Raspberry Pi?

Parece que todos os dias sai um suposto "raspberry killer", mas o que é certo é que até hoje ainda nenhum o conseguiu destronar. Será que é o Khadas VIM que consegue este feito?
 




Unboxing:




Logo pela embalagem dá para ver que este não é apenas "mais um", tem uma embalagem muito engraçada que, quando fechada, se parece a um pequeno livro ou um bloco de notas. Só por isso já ganha pontos pela originalidade.



Dentro da embalagem vem apenas o Khada VIM e um cabo USB-A para USB-C, como pode ser visto na imagem acima.

O Khadas vem protegido por uma caixa acrílica transparente, com muito boa qualidade de construção e bonita, ficando assim a board completamente à mostra.


Especificações:

Quanto a especificações, o Khadas conta com um processador de 64 bits quad-core a 2.0GHz e 2GB de RAM DDR3, por isto dá para ver que não tem falta de performance.
Outro dos pontos a favor do Khadas é também os 8 ou 16GB de armazenamento integrado, dispensando assim os cartões microSD para correr o sistema operativo que é um dos principais problemas do Raspberry Pi (o meu Raspberry Pi 3 acabou de queimar o cartão microSD, por isso sei do que falo).

Quanto a interfaces, o Khadas tem 2 USB-A 2.0, 1 full-size HDMI, 1 RJ-45, 1 USB Type-C (para alimentação), 40 pins de GPIO, ligação para bateria RTC, slot microSD, 3 botões (power, reset e function) e um emissor de infra-vermelhos.

Outro dos pontos a favor do Khadas é que este é capaz de output de vídeo a 4K a 60 FPS e também HDR10, ao invés dos 1080p do Raspberry Pi. Este também suporta o codec mais recente de vídeo, H.265, que permite melhor qualidade e menor tamanho nos vídeos.

Entradas e portas do Khadas

Software:

Em termos de software, de origem, este vem com Android Marshmallow instalado (a versão Nougat também já está disponível para instalar), sendo necessário apenas ligar à corrente, à TV e a um rato / teclado e está pronto a funcionar.
Contudo, para quem quer sistemas de desktop, existem vários, oficiais, disponíveis para instalar, como Ubuntu, LibreELEC, e até mesmo uma versão com dual-boot entre Android e Ubuntu!
Se ainda não forem sistemas suficientes, existem também no forum alguns sistemas desenvolvidos pela comunidade, nomeadamente Debian.

A comunidade, tal como o Raspberry Pi, é um dos pontos fortes do Khadas, sendo este totalmente open-source (hardware e software), sendo assim muito mais fácil fazer projectos com este, bem como desenvolver software e firmware para o mesmo.

A documentação é bastante acessível e existem muitos tutoriais, desde compilar o Android de raiz para este, como trabalhar com a interface serial.

https://www.youtube.com/c/GadgetsDrones

Performance:

Quanto a performance, este portou-se sempre muito bem, a ver filmes no Kodi e até a jogar alguns jogos. Nas benchmarks que corri também os resultados foram satisfatórios, estando a par com telemoveis como o Xiaomi Redmi 3, o Samsung Galaxy J3 2017 ou o Huawei P8 Lite.

Antutu
Este obteve uns respeitáveis 34.000 pontos no Antutu, perdendo principalmente no 3D mas compensando no CPU.

Geekbench

Quanto ao Geekbench, os resultados continuam praticamente em linha com o Snapdragon 616 do Redmi 3.

Conclusão:

O Khadas VIM é um concorrente sério ao Raspberry Pi, batendo este em vários pontos. Ter armazenamento eMMC integrado e vir de fábrica logo com Android instalado também são grandes pontos positivos, tornando muito mais simples a instalação deste como box multimédia.
Contudo, ao contrário das box multimédia normais, o Khadas não trás comando, tornando-se necessário comprar um teclado sem fios à parte, caso queiramos usa-lo para este fim.

Outro ponto muito positivo é o foco que a empresa está a colocar no open-source, permitindo assim que o Khadas VIM possa ser usado nos mais variados projectos, separando-o assim dos micro-PC e box multimédia "normais".

Sendo uma empresa recente, só o tempo irá dizer se esta aposta irá dar frutos, mas eu acredito que, pelo preço de apenas cerca de 50€, e tendo melhor performance que o Raspberry Pi, 4K a 60fps, HDR, armazenamento integrado... não se pode pedir muito mais.

Por isso, será o Khadas VIM o "Raspberry killer"? Não. Mas é um concorrente mais que à altura.

Preço e disponibilidade:
O Khadas VIM está disponível para compra neste link por apenas 50€: link


Emoticon Emoticon