Google adquire divisão mobile da HTC por 1100 milhões de dólares

Depois da HTC ter suspendido, ontem, a sua cotação na bolsa, devido a ter novidades pendentes, a Google anunciou, hoje, que irá adquirir a divisão mobile da HTC por 1100 milhões de dólares.


Já existiam vários rumores sobre esta aquisição, devido a uma proximidade crescente entre as duas empresas. Esta pode ser vista no fabrico do Pixel e Pixel XL, do ano passado, como também no Pixel 2, em que a HTC, segundo os rumores, será o fabricante escolhido.

Este acordo confere, também, à Google, uma licença não-exclusiva da propriedade intelectual da HTC.

Ambas as empresas saem grandemente beneficiadas deste acordo, a Google ficará com uma das melhores equipas de investigação e desenvolvimento do ramo para melhorar a sua linha de dispositivos móveis Pixel, bem como acesso a toda a propriedade intelectual da HTC, e a HTC recebe o barco salva-vidas que tanto necessitava, visto que esta andava a verter dinheiro, com prejuizos na sua divisão móvel, trimestre após trimestre.

Quem não irá gostar destas novidades irão ser os outros fabricantes do ecossistema Android, visto que, assim, a Google irá ter uma posição no mercado muito mais dominante, controlando hardware e software, o que deixa os outros fabricantes, que dependem totalmente do software e serviços da Google, numa posição precária.

Digam a vossa opinião sobre esta aquisição, acham que isto irá trazer a HTC de volta à ribalta, ou que a Google está a dar um tiro no pé?

Grupos de discussão:

Smartphones Chineses: http://fb.com/groups/gd.smartphones

http://bit.ly/segue-nos

Fonte: Verge


Emoticon Emoticon