Xiaomi Mi Mix e Mi Mix 2 fazem agora parte da coleção de arte moderna do Centre Pompidou

Depois do Xiaomi Mi Mix ter sido adicionado (em setembro) à lista de exemplares presentes no National Design Museum of Finland, agora foi a vez dos topos de gama da Xiaomi: Mi Mix e Mi Mix 2 fazerem parte do conceituado Centre national d'art et de culture Georges-Pompidou.


O Centro Georges Pompidou geralmente abreviado ao Centro Pompidou, é um museu de arte em Paris. Foi inaugurado em 1977 e tem o nome de Georges Pompidou, ex-presidente da França. Abriga o maior museu de arte moderna da Europa.

 

Vale a pena recordar que o Xiaomi Mi Mix foi o primeiro smartphone do mundo com um ecrã bezel less e foi a partir que marcas como a Samsung ou Apple seguiram essa tendência.

A notícia foi divulgada pelo próprio Lei Jun que divulgou a carta que recebeu de Bernard Blistène - Diretor do Museu.





Lei Jun, fundador e CEO da Xiaomi, disse: "Mi MIX gave everyone a glimpse of what the phone of the future would look like. We made a concept phone that defied everyone’s expectations about smartphone design, and it has pioneered the trend of full-screen display smartphones. With Mi MIX 2, the future is nowhere. It has evolved from a design and technology test-bed into a user-friendly phone catered to a wider consumer group than ever before, while still evoking the wow factor".

Saber mais:


Emoticon Emoticon