Portuguesa Aptoide ganha uma batalha frente à gigante Google

A Aptoide é uma App Store Android que oferece aos seus utilizadores uma experiência inovadora de descoberta e partilha de Apps. Através de recomendações personalizadas, da possibilidade de criação de listas de Apps e da interação entre utilizadores, a plataforma oferece uma nova forma de partilha de conteúdos. No fundo é uma concorrente direta à Google Play e é portuguesa!





A Aptoide desenvolve também soluções B2B através das quais empresas podem obter uma App Store personalizável com a sua marca. Com mais de 200 milhões de utilizadores, 4 mil milhões de downloads e perto de um 1 milhão de apps, a Aptoide é uma das maiores App Stores Android a nível mundial. A empresa está sediada em Lisboa, com escritórios em Shenzhen e Singapura.

O Tribunal Judicial da Comarca de Évora veio dar razão à Aptoide forçando a Google a remover os alertas de malware centrados sobre o sistema de proteção da Google, o Play Protect, no qual se encontrava a identificar a startup portuguesa como sendo uma aplicação potencialmente maliciosa tendo forçado a remoção da Aptoide dos smartphones Android.  

Em julho de 2018, a Aptoide apresentou também uma queixa formal junto dos órgãos anti-trust da União Europeia contra a Google. A ação em questão integrou um conjunto de queixas contra as práticas de concorrência desleal da Google, desta feita no seguimento do programa antivírus Android, o Google Play Protect, que em junho deste ano pressionou os utilizadores, através de notificações, a desinstalar a Aptoide dos seus dispositivos alegando a possibilidade de download de aplicações maliciosas. Os utilizadores que optaram por manter a Aptoide instalada, apesar do aviso, constataram que a mesma deixara de funcionar impedindo a instalação de aplicações. Esta ação da Google acabou por provocar prejuízos na Aptoide, estimando-se uma perda de 2.2 milhões de utilizadores nos últimos 60 dias.

Para Paulo Trezentos, CEO da Aptoide, “Para nós, esta é uma vitoria importante para nivelar o mercado das app stores. Esperamos sinceramente que esta decisão possa ajudar outras startups a defenderem a inovação e a livre competição, independentemente da dimensão dos players concorrentes.”



A Aptoide está atualmente a trabalhar com a sua equipa jurídica na preparação de uma ação principal para exigir da Google uma indemnização por todos os danos causados.


Em Setembro de 2017, a Aptoide apresentou excelentes resultados de segurança publicados num documento pela Waseda University e pelos NTT Secure Platform Laboratories no âmbito do 2º Workshop Internacional ACM SIGSOFT sobre App Market Analytics e denominado "Understanding the Security Management of Global Third-Party Android Marketplaces".


Boa notícia para a empresa portuguesa?

Acompanha todas as novidades nos grupos de discussão:


Emoticon Emoticon