Nokia 6.1 Plus - Análise e Opinião

A Nokia faz parte do passado de grande parte das pessoas e duvido mesmo que não tenhas tido um telemóvel da marca Nokia. Estiveram no céu, se assim se poderá dizer no que a construção de telemóveis diz respeito, mas como a grande maioria das empresas também a Nokia passou por dificuldades levando mesmo à sua falência. A HMD Global, é uma empresa finlandesa que comprou os direitos exclusivos para a usar a marca em aparelhos móveis. A HMD tem também uma parceria com o Google para usar o Android, como sistema operacional em seus smartphones. 


Uma coisa que podes não saber sobre a HMD Global é que muitos de seus executivos eram ex-funcionários da Nokia. Seja o atual CEO, Florian Seiche (ex-executivo da Nokia Europa) ou os diretores de design da empresa, há um monte de pessoas com HMD com a "Nokia" nos seus currículos. Depois de algumas tentativas a HMD Global parece finalmente estar em "casa" com este Nokia 6.1 Plus.



Nokia 6.1 Plus - Unboxing

Que saudades eu tinha abrir uma caixa com o logotipo da Nokia. As espetativas eram altas neste unboxing, e fiquei muito surpreendido com a simplicidade perfeita com que a HMD embalou este equipamento. Dentro da caixa tipo slide ou gaveta vamos encontrar:
  • 1 smartphone 
  • 1 cabo usb c
  • 1 carregador
  • 1 capa e silicone
  • 1 manual de instruções

Nokia 6.1 Plus - Design

A HMD fez diferente, procurou não seguir o que a maioria dos fabricante fizeram e deu a este equipamento uma design atraente com acabamentos muito bons. O Nokia 6.1 tem um "moldura" de alumínio que lhe dá alguma robustez mas todo o restante corpo do dispositivo é construído em vidro. 



O 6.1 Plus conta com um ecrã com o notch ou entalhe na frente do dispositivo, aqui a fabricante Filandesa optou por colocar um notch muito idêntico ao que encontramos no Oneplus 6. Uma das primeiras coisas que vai fazer despertar os teus sentidos é o facto deste Nokia 6.1 Plus ser "pequeno" e extremamente e leve. Na parte traseira vamos encontrar o sensor de impressão digital, e acima dela vamos encontrar uma configuração da câmara dupla com um flash.


É sem margem para grandes dúvidas, um equipamento que me deu realmente prazer ter em mãos, encaixa perfeitamente na palma da mão, facilmente podes navegar pelo teu dispositivo usado apenas uma mão.






A Nokia fez muito bem fugir ao design Iphone, o mercado está saturado de equipamentos iguais. Confesso que quando vi os primeiros vídeos deste 6.1 Plus senti que a HMD tinha acertado em cheio neste dispositivo, e no que a design diz respeito não me enganei. É difícil negar o quão bom, e quão premium é este dispositivo.


Nokia 6.1 Plus – Ecrã 

O Nokia 6.1 Plus possui um display IPS Full HD + de 5,8 polegadas com uma densidade de 432ppi. Tem uma proporção de 19:9 e como já tinha referido vais ter que te habituar ao notch, mas na verdade é um dos mais pequenos do mercado e em nada interfere nas tuas notificações. O ecrã conta também com proteção Corning Gorilla Glass 3. 


O ecrã deste dispositivo tem cores vibrantes, não irás sentir grandes dificuldades em visualizar o seu conteúdo já que tens bons ângulos de visão e tem um excelente comportamento quer em ambientes de muita luz natural quer em ambientes de pouca luz, é um smartphone que se adapta muito bem a estas duas variantes. 


Nokia 6.1 Plus – Software

O lema da HMD é "puro, seguro e atualizado" e naturalmente os smatphones da marca estão dentro do projeto Android One, assim sendo o Nokia 6.1 conta com Android One, na sua versão Android 9.0 Pie. Devo salientar que quando o liguei pela primeira vez ele de imediato pediu para atualizar para Android 9. 



E se um dos lemas da HMD é "seguro e atualizado", então devo dizer que é realmente verdade, uma semana depois de ter sido atualizado para o mais recente Android pediu também para fazer um atualização com patch de segurança. No total este Nokia 6.1 já fez 4 atualizações, uma das ultimas trazia melhorias para a câmara fotográfica.



Dentro da conectividade vais encontrar varias opções que incluem dual 4G VoLTE, Wi-Fi 802.11a / b / g / n / ac, Bluetooth 5, rádio FM, GPS / A-GPS, GLONASS, USB tipo C (USB 2.0) e uma entrada jack de 3,5 mm. Este smartphone suporta dois nano SIMs com a possibilidade de ambos se poderem conectar simultaneamente a redes 4G.


O Nokia 6.1 Plus – Performance

A HMD Global equipou este Nokia 6.1 Plus com o processador Qualcomm Snapdragon 636 com núcleos Kryo 260,  os mesmos que encontramos nos principais processadores 8xx da Qualcomm, a GPU é uma Adreno 509. É o mesmo processador que encontras como por exemplo no Xiaomi Redmi Note 5 Pro. Esta comparação faz todo o sentido porque se procuras uma smartphone que saia fora do universo Xiaomi está aqui a solução mais do que acertada.


Num mundo real o que podes esperar do desempenho deste equipamento? Bem, o dispositivo aguenta bem no uso diário, não vais encontrar grandes oscilações no desempenho e vai funcionar de uma forma perfeita nas tarefas mais comuns do teu dia. 

Se pretendes comprar este este dispositivo para jogos, então digo-te já que vais encontrar alguns soluços aqui e ali mas nada que seja irritante. Jogar o Asphalt 9 em ajustes altos em taxas decentes é possível,  assim sendo, acredito que sejas capaz de jogar a maioria dos jogos no smartphone sem  grandes problemas.


No que diz respeito a benchmarks, vais encontrar o resultado esperado do Snapdragon 636. É um SoC mediano nas pontuações do GFXBench e Antutu. O Nokia 6.1 Plus vem com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, que pode ser expandido com um cartão microSD.


Nokia 6.1 Plus – Bateria


O Nokia 6.1 Plus é alimentando por uma bateria de 3060mAh, não é bem a bateria de 4.000mAh que equipa o Xiaomi Redmi Note 5, e acredito que é dos únicos fatores que o deixa ficar para trás em relação à concorrência. Não quero com isto dizer que o telefone não vá durar um dia inteiro até porque ele aguenta, mas eu senti alguma dificuldade na gestão da bateria.



Eu dou um uso muito intensivo aos meus smartphones e não gosto de andar preocupado com a bateria. Felizmente o dispositivo tem suporte para o QuickCharge 3.0, permitindo assim que carregues a bateria do teu smartphone de zero a 100% em cerca de 80 minutos. Ter um equipamento com suporte para carga rápida é ótimo, não trazer um carregador Quick Charge é ridículo, uma oportunidade perdida por parte da HMD.


Nokia 6.1 Plus – Câmara


O Nokia 6.1 Plus possui uma configuração de dupla câmara na parte traseira, com um sensor primário de 16 MP f/2.0 com PDAF e um sensor de profundidade de 5MP f /2.4.

A minha experiência com a câmara principal no Nokia 6.1 Plus é um caso de amor e ódio. Por um lado, a câmara é surpreendentemente capaz em condições de luz do dia. As cores são vivas e fortes e as fotos são muito boas. A reprodução de cores é perfeita e as imagens são nítidas e com uma boa quantidade de detalhes. A câmara foca de uma forma bastante rápida. O Nokia 6.1 Plus não tem um bom comportamento em condições de pouca luminosidade, deixando muitas das vezes as fotografias desfocadas .
















A câmara frontal de 16MP f/2.0 consegue capturar algumas selfies brilhantes.O modo bokeh mesmo com uma única lente, funciona diria que muito bem. O Nokia 6.1 Plus poderia ser lançado como um "telefone selfie", como muitos outros no segmento afirmam ser.

O problema que pode ser facilmente corrigido, é o software, que muitas das vezes deixa as fotografias "overexposed", embora a alteração do ponto de focagem da lente resolva esse problema, é triste ter uma câmara perfeitamente capaz de controlar a luz do dia e ter que ser prejudicada por software inadequado.









Há também o modo Dual-Sight, anteriormente comercializado como "bothie", que permite a captura de fotos e vídeos das câmaras frontal e traseira ao mesmo tempo. 




Nokia 6.1 Plus – Opinião


Tem um design premium e uma excelente construção,  é um smartphone  que encaixa da uma forma excelente na mão, tem suporte de software fantástico, são qualidades que fazem deste Nokia um equipamento muito interessante. De negativo saliento a bateria "pequena" que não te permite grandes aventuras. 

A câmara ou o seu software mais propriamente, precisa de ser otimizado A câmara do Nokia 6.1 Plus não é tão boa com a do Redmi Note 5, mas diria que não fica muito longe no que qualidade fotográfica diz respeito. Se procuras um equipamento de gama média, o Nokia 6.1 Plus deve definitivamente estar no topo da tua lista.



Nokia 6.1 Plus: https://bit.ly/2HaXc1N

Dá uma vista de olhos nos outros smartphones Nokia: https://bit.ly/2M5ST6K



Acompanha todas as novidades nos grupos de discussão:



Emoticon Emoticon